03Mai
Programa Estação de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever completa 12 anos

 Programa que começou em 12 lojas da rede já atinge 123 lojas em todo Brasil
 
Provando que preservar o meio ambiente começa com um gesto simples, o Programa Estação de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever completa 12 anos com um balanço animador.
 
Em 2001, quando começou, o programa contemplava apenas 12 lojas da rede. Hoje, ele está presente nas 123 unidades da bandeira, gerando benefícios ambientais e sociais, uma vez que tudo o que é arrecadado é doado às cooperativas de reciclagem parceiras do programa. Assim, as estações também promovem a inclusão social e a geração de renda, beneficiando muitas famílias.
 
Para se ter uma ideia dos resultados desta iniciativa, desde o início do programa até hoje,  já foram arrecadadas mais de 67 mil toneladas de materiais recicláveis. Com dados tão positivos, a expectativa é que haja cada vez mais colaboração de todos com o meio ambiente, aderindo à reciclagem.
 
Realizadas em parceria com a Unilever, as Estações de Reciclagem são confeccionadas em material reciclado e funcionam como Postos de Entrega Voluntária (PEVs). Elas ficam localizadas nos estacionamentos das lojas, recebendo materiais recicláveis como  papel, plástico, metal, vidro e óleo de cozinha usado.
 
Quer colaborar também com o meio ambiente? Junte-se ao Pão de Açúcar, fazendo uso das Estações na loja mais próxima à sua casa.
 
 Estação de Reciclagem

Pão de Açúcar e você juntos pela Mata Atlântica

Postado em 03/Abr
7 comentários

Ajudar a preservar a natureza ficou mais fácil. O Pão de Açúcar lança em março a coleção Revoar, do artista plástico Geraldo Valério. São três kits diferentes - um bowl e uma caneca, pelo preço de R$19,90 (R$10,90 para Cliente Mais), sendo que parte do lucro será revertido para a ONG SOS Mata Atlântica.
 
A linha é a segunda parceria do Pão de Açúcar com o artista, e estará à venda em edição limitada, com estampas em dois temas: os bowls ganham os traços da flora brasileira, com ilustrações de orquídeas e araucárias, enquanto que as canecas ilustram alguns dos pássaros símbolos do nosso País, como o Pica-pau-de-coleira, o papagaio Amazona Pretrei e o Beija-Flor balança-rabo-canela.
 
Gostou? Aproveite a oportunidade. Além de sua casa ficar mais bonita, o meio ambiente agradece.
Revoar
 
Sobre a SOS Mata Atlântica:
 
No conjunto de transformações e oportunidades colocadas pelos anos 80, um grupo de pessoas que já atuava em outras entidades, entre cientistas, empresários, jornalistas e defensores da questão ambiental se aproximou e lançou as bases para a criação da primeira ONG destinada a defender os últimos remanescentes de Mata Atlântica no país, a Fundação SOS Mata Atlântica. O ideal de conservação ambiental da entidade, criada em 1986, associou-se ao objetivo de profissionalizar pessoas e partir para a geração de conhecimento sobre o bioma. A proposta representa também um passo adiante no amadurecimento do movimento ambientalista no país. Conheça mais em http://www.sosma.org.br/.

 

No dia Mundial da Água, repense seu uso e faça a diferença

Postado em 22/Mar
1 comentários

Hoje é o Dia Mundial da Água, e não podíamos deixar esta data passar sem citar a importância da preservação deste recurso natural tão indispensável para as nossas vidas e para o planeta, não é? A nossa ideia é que você se inspire para repensar a forma como você consome água, economizando e ajudando o meio ambiente.
 
Se você já pensou e não achou resoluções para isso, nós te ajudamos com dicas de pequenas mudanças de hábito que podem ser incorporadas no seu dia-a-dia como diminuir o tempo no banho, fechar a torneira ao escovar os dentes, consertar vazamentos, entre outros.
 
E se você acha que estas ações são pequenas, vejam alguns impactos que elas podem causar, de acordo com o Instituto Akatu:
 
·         Banhos curtos: Se metade da população de uma cidade de 100 mil habitantes reduzir o tempo do banho de 15 para 5 minutos, a água economizada ao longo de um ano seria suficiente para abastecer todas as necessidades de água de todos os habitantes desta cidade por quase 8 meses.
·         Fechar a torneira: Se a população do Recife, por exemplo, passasse a escovar os dentes 3 vezes por dia com a torneira fechada, a água economizada em apenas dois dias seria suficiente para abastecer por um dia todas as necessidades de água de quase toda a população de Florianópolis.
·         Consertar vazamentos: Um buraco de 2mm em um cano de uma única casa pode desperdiçar até 3200 litros de água por dia. Se 3,5 milhões de domicílios tiverem um vazamento como este, em 14 horas desperdiçariam água suficiente para encher os 6,5 bilhões de litros da Lagoa Rodrigo de Freitas no Rio de Janeiro.
·         Reutilizar água da máquina de lavar: Uma máquina de lavar roupas com capacidade para 5 litros usa 135 litros de água por lavagem. Se uma família usar esta máquina duas vezes por semana, serão gastos 270 litros de água. Uma boa forma de reaproveitar esta água é reutilizando-a para lavar a calçada, por exemplo.
 
Estas são apenas algumas medidas que podem ser adotadas por você a partir de hoje e que podem fazer uma grande diferença no meio ambiente. Pense nisso!
 

Projeto em São Paulo ajuda a combater a fome infantil

Postado em 19/Mar
0 comentários

Você é daqueles que se preocupa com a fome do mundo, e se incomoda por achar que não pode fazer nada a respeito? Pois hoje nós temos uma boa notícia para você: é possível fazer algo a respeito e é mais fácil do que você imagina, com o Projeto Satisfeito, que já vem sendo colocado em prática em alguns restaurantes de São Paulo.
 
O Projeto foi idealizado pelo vice-presidente do Instituto Alana em parceria com, Marcos Nisti, e co-autoria de Paulo Kress, do Grupo Egeu. O funcionamento é simples: pagando o mesmo preço, o cliente escolhe pratos com 2/3 do tamanho original – levando em conta que o outro 1/3 é a quantidade que muitas pessoas acabam deixando e vai direto pro lixo) e, ao fazer esta opção, aquilo que o restaurante economizar é destinado diretamente a organizações localizadas no Brasil, na África e na Ásia, que trabalham no combate à fome infantil.
 
No site do projeto http://www.satisfeito.com/ você tem acesso a todos os restaurantes participantes, o valor mensal que cada casa angariou e as instituições beneficiadas. O controle de valor por prato é feito através de um software desenvolvido especialmente para o Satisfeito, instalado em todas as casas participantes. A cada 0,25 centavos de dólar angariados é possível comprar uma refeição completa para uma criança. Pensando assim, o seu prato, com preço médio de R$50, alimentará três crianças por um dia todo.
 
E então, já está animado para se juntar a essa causa?
 
 

Site auxilia usuários com informações sustentáveis e inclui rota de doações e reciclagem de resíduos

Postado em 14/Mar
0 comentários

Já pensou em saber exatamente o melhor lugar para o descarte de resíduos? Mesmo com as Estações de Reciclagem Pão de Açúcar Unilever, que podem ser facilmente acessadas nas lojas para a reciclagem de papel, plástico, alumínio, vidro e óleo de cozinha, sempre pode existir aquela dúvida sobre outros materiais como aparelhos eletrônicos, resíduos de construção e até mesmo roupas.
 
Pois esta é a proposta do eCycle http://www.ecycle.com.br, um site de buscas voltado exclusivamente para auxiliar as pessoas que têm dúvidas de onde descartar os diversos tipos de materiais, mostrando os endereços mais próximos para descarte. além de diversas notícias sobre o impacto destes materiais no meio-ambiente.
 
Sobre a iniciativa, José Onofre de Araújo, da eCycle falou com o Blog Verde:
 
BV - Como as pessoas podem aproveitar melhor o serviço oferecido?
JO - No eCycle reunimos um volume de informações, que busca simplificar o complexo através de uma linguagem que o usuário compreenda. Somos capazes de ora explicarmos a influência do consumo de fertilizantes nitrogenados sobre o aquecimento global via desequilíbrio do efeito estufa, ora oferecermos uma receita caseira, baseada em ingredientes naturais quando possível, com o objetivo de simplesmente desentupir a tubulação de uma pia de cozinha, sem falar nas inovações tecnológicas relacionadas à temática da sustentabilidade fartamente divulgadas no portal. 

BV - Você prevê uma ampliação nos serviços do eCycle?
JO - Sim, nosso planejamento estratégico prevê diversas fases para o projeto, encadeadas, as quais vimos seguindo com grande sucesso. Inicialmente desenvolvemos conteúdos de qualidade, a partir de determinado momento o serviço de buscas por postos de descarte. Há funcionalidades especiais por vir que certamente serão de grande utilidade e serviço aos usuários que nos prestigiam com sua audiência e parceiros, mas isso é surpresa.
 
BV - Além do interesse das pessoas em reciclar os resíduos, o que mais o senhor julga necessário para vivermos em harmonia com o meio-ambiente? 
O - Tenho a impressão que o caminho pode estar, em grande medida, nas relações. Sim, pois acredito que a relação do ser humano com o outro possui enorme potencial de qualificação, isto é, as chances que temos de praticarmos relações de maior qualidade, mais equilibradas, são enormes. Quando digo o outro, quero dizer sim o outro indivíduo, humano com o qual nos deparamos, mas também quero dizer com outras espécies, com o planeta que nos acolhe e, necessariamente, com a tecnologia que nos envolve. Nossa sociedade parece viver um paradoxo, tão desenvolvida por um lado, tão imatura por outro.

Decoração de ambientes também pode ser sustentável

Postado em 07/Mar
0 comentários

Luminárias, vasos, quadros e outros enfeites dão um ar de aconchego e deixam sua casa ainda mais bonita. Mas eles não precisam ser caros para isso. Atualmente são muitas as opções de decoração sustentável, basta você saber como fazer e decorar seu ambiente de acordo com sua preferência.
 
Um exemplo disso é a sugestão do site www.ciclovivo.com.br. Lá é possível aprender a fazer uma linda lamparina com objetos do dia a dia, como um vidro de azeitonas (ou de outro alimento ou conserva), tinta, entre outros itens. Veja como é simples:
 
- Lave bem o frasco e certifique-se de que o vidro tem espaço suficiente para comportar a lâmpada escolhida, que deve ser de baixa voltagem.
 
- Depois de seco, utilize a tinta relevo para pintar e fazer os detalhes da lamparina.
 
- Com a tinta seca, fure a tampa do recipiente e instale um soquete, deixando a lâmpada bem presa ao frasco.
 
- Em seguida, amarre um fio no soquete.
 
- A sua luminária sustentável já pode ser pendurada.

Outra sugestão apontada pelo site é utilizar uma vela no lugar da lâmpada de baixa voltagem - a confecção é mais simples, e o resultado, igualmente interessante. Essa versão é ideal para decorar mesas e bancadas. 

Menos elaboradas, mas não menos charmosas, são as prateleiras com caixotes de frutas; castiçais com garrafas de vidro e até mesmo luminárias com filtros de café. Basta colocar a sua criatividade para funcionar. Experimente!

 

Pão de Açúcar amplia instalações de bicicletários em suas lojas

Postado em 05/Mar
4 comentários

Para os adeptos da bicicleta, a notícia não poderia ser melhor: agora ficou ainda mais fácil realizar compras com ela. É que o Pão de Açúcar ampliou a instalação de bicicletários, contemplando 100% das lojas que possuem estrutura física para receber o equipamento. Ao todo, 119 unidades por todo o Brasil já podem receber ciclistas.
 
Sobre a ampliação do número de bicicletários nas lojas do Pão de Açúcar a jornalista e ciclista Nanna Preto reforça e apoia a ação. “A iniciativa é muito válida e deve facilitar tanto a vida dos ciclistas, quanto a dos motoristas, pois implicará em melhorias inclusive nos estacionamentos, que passarão a ficar menos congestionados”. Além disso, o incentivo da prática do ciclismo colabora também com o meio ambiente, uma vez que não polui a cidade e reduz a emissão de gases causadores do efeito estufa.
 
De acordo com a Ciclocidade, só em São Paulo pelo menos 500 mil pessoas utilizam a bicicleta para deslocamentos nas ruas ao menos uma vez por semana.
 
Que tal você se inspirar para instalar uma cestinha em sua bike e vir fazer as compras em uma de nossas unidades com bicicletário?  
 
 

 

Entregas com bikeboys viram opção de serviço sustentável

Postado em 01/Mar
1 comentários

De acordo com dados do Sindimoto - SP (Sindicato dos Mensageiros Motociclistas, Ciclistas e Mototaxistas do Estado de São Paulo), o Brasil é o país com o maior número de motoboys no mundo, com cerca de 900 mil profissionais. Só na capital paulista existem cerca de 200 mil. Para se ter uma ideia do impacto ambiental deste mercado, a cada quilômetro rodado, uma moto pode emitir até 70g de CO2.
 
Visando a redução de emissão de CO2, o Pão de Açúcar já oferece, em parceria com a empresa Acerth, o serviço de delivery com bikeboys. Assim, unidades como a do Brooklin, Clodomiro Amazonas, Joaquim Floriano, Padre Antônio, Praça Panamericana, Lavandisca (Moema) e Teodoro Sampaio (todas em São Paulo), têm a possibilidade de realizar entregas num raio de até 1km a seus clientes, contribuindo com o meio ambiente.
 
Com um faro empreendedor aliado à preocupação com o meio ambiente, os irmãos Rafael e Danilo Mambretti fundaram em 2010 a Carbono Zero Courier, empresa que oferece serviço de entregas realizadas apenas com bicicletas. Assim surgiu uma empresa especializada em entregas comerciais apenas com bikeboys. 
 
“O objetivo não é substituir o trabalho do motoboy, mas possibilitar o uso inteligente de recursos, oferecendo nossos serviços a pessoas e empresas preocupadas em aderir à sustentabilidade”, declara Rafael.
 
Na prática, a empresa só traz benefícios ao meio ambiente, pois não polui e não afeta as questões climáticas, além de apresentar suas praticidades, tantas vezes já demonstradas no Desafio Intermodal - competição em que diversos veículos percorrem um mesmo trajeto urbano para ver qual leva menos tempo, realizado desde 2009.
 
Para saber mais sobre a empresa e contratar seus serviços, acesse: http://www.carbonozerocourier.com.br e, se você mora próximo a alguma de nossas unidades que também trabalham com bikeboys, experimente o serviço: www.paodeacucardelivery.com.br
 

Economia de energia é fundamental. Saiba como consumi-la de forma consciente

Postado em 22/Fev
0 comentários

Entre tantas medidas sustentáveis que devemos tomar para vivermos em harmonia com o meio ambiente está a economia de energia elétrica. Essencial até para desempenharmos as atividades mais simples, a energia também precisa ser consumida de forma consciente e quem nos fala melhor sobre esta importância é a gerente de Responsabilidade Social da AES Eletropaulo, Luciana Alvarez.
 
                               Luciana
 
Blog Verde – Por que é necessário economizar energia?
 
Luciana Alvarez – O consumo consciente de energia elétrica é uma prática que precisa ser disseminada em toda a sociedade. Como toda a geração de energia em escala tem algum tipo de impacto no meio ambiente, quanto mais se consome, mais recursos naturais são utilizados e mais poluentes – dependendo da fonte de energia – podem ser lançados na atmosfera.
 
BV – O que pode ser feito para um consumo mais consciente de energia?
 
LA – Um consumo mais consciente de energia pode começar por mudanças simples de hábitos em casa. Até mesmo decorar a casa é uma iniciativa que pode ser ecologicamente correta. Uma mesa de estudo ou um sofá para leitura posicionado perto de janelas para aproveitamento da luz e ventilação natural é uma forma de economizar. Pintar as paredes da casa com cores claras e usar lâmpadas mais econômicas também contribuem para reduzir o uso de energia. Além disso, há muitas iniciativas fáceis, que todo mundo sabe da importância, mas se esquecem. Banhos demorados, televisores ligados que ninguém assiste, excesso de ar-condicionado, eletroeletrônicos na tomada o dia todo, uso de aparelhos de alto desempenho ao mesmo tempo e por aí vai.
 
BV – Como gerente de sustentabilidade, quais conselhos você daria ao cidadão para conscientizá-lo sobre o consumo de energia de forma sustentável?
 
LA – Começar a consumir a energia de uma forma mais inteligente não é tão difícil, ainda mais se considerarmos também os benefícios econômicos. Com uma conta de luz com o preço menor, a economia financeira pode ser direcionada para o lazer em família. Praticar a sustentabilidade na rotina familiar pode aumentar a autoestima de todos, impactar menos o meio ambiente e garantir que o conforto e segurança gerada pela energia elétrica estará disponível para as gerações futuras.

Grupo Pão de Açúcar integra ranking das 100 empresas mais sustentáveis do mundo

Postado em 19/Fev
1 comentários

Cinco empresas brasileiras estão entre as mais sustentáveis do mundo, de acordo com o ranking The Global 100, da publicação Corporate Knights. O levantamento, criado em 2005 é anunciado anualmente durante o Fórum Econômico Mundial em Davos e seleciona empresas de todos os setores com base em práticas de sustentabilidade, saúde financeira, categorias de produtos e sanções financeiras.
 
Na lista liderada pela belga Umicore, a Natura está em segundo lugar e o Grupo Pão de Açúcar aparece na 74ª posição. As outras empresas brasileiras que se destacaram por suas ações em sustentabilidade são a Cemig (43ª), Vale (49ª) e o Banco do Brasil (100ª).
 
Para Vitor Fagá, diretor executivo de Relações Corporativas do Grupo Pão de Açúcar,  a sustentabilidade faz parte do jeito de fazer negócios da Companhia. “Estamos muito orgulhosos com a presença neste ranking, o que nos motiva a continuar investindo em nossos programas e projetos de sustentabilidade, além de zelar pela transparência em todos os nossos relacionamentos”, declara.
 
Há mais de doze anos investindo em projetos de reciclagem, as iniciativas do Grupo Pão de Açúcar já são referência em sustentabilidade no Brasil. Em 2008, a empresa foi a primeira em todo varejo da América do Sul a lançar uma loja verde e, desde então, vem replicando as práticas sustentáveis em várias unidades.